Porque metade de mim é a lembrança do que fui... A outra metade eu não sei.

quarta-feira, dezembro 21, 2016

Planos futuros

Mais um ano se encerrando. Não foi um ano de escritas, claramente. Na verdade, acho que foi um ano meio parado. Não produzi muito, mas me livrei de uma parte considerável do meu mestrado. Metade dele. Encerram-se as disciplinas e inicia-se a pesquisa de verdade. Infelizmente, o tempo é curto. Passa rápido demais. Outro dia comemorava minha aprovação e vejo que já estou na metade do trajeto. 
2017 será um ano complicado. Muitos planos, muitos projetos. Pretendo encerrar minha pesquisa da melhor forma possível, dar aula, escrever diversos projetos de doutorados para espalhá-los pelo mundo. Processos seletivos incontáveis. Bolsas de estudo para tentar, almejar, conseguir. Provas de proficiência para fazer. 
Para uma pessoa desorganizada e preguiçosa como eu, vai ser um desafio e tanto. É muito o que fazer e o tempo sempre correndo contra nós...
Espero obter sucesso nessa empreitada.
2016, apesar de tudo, foi um ano muito bom para mim. Um ano de realizar sonhos e construir novos sonhos. Sonhos que quero muito alcançar. 
Peço força, foco, fé e sorte para esse ano que entra. Peço coragem para enfrentar os meus desafios, tranquilidade na hora do resultado e sabedoria para aceitar o que vier.
2017, seja grande.

Nenhum comentário: